fbpx

Consumo Consciente – o que é? Por que? E como fazer?

O consumo em todo o mundo está fora de controle e desigual. De acordo com as descobertas do Instituto Akatu, apenas 20% da população mundial é responsável por 80% do consumo mundial. Você sabia disso?

De fato, isso tem repercussões tanto para sua vida quanto para o mundo em geral.

O consumo consciente é uma estratégia para combater o consumismo e nos ajudar a reavaliar nossas rotinas.

Você tem interesse em saber mais sobre o que é o consumo consciente, por que foi criado e como colocar em prática?

Continue a leitura!

O que é consumo consciente?

Quando você obtém recursos e os coloca em uso para atender às suas necessidades, esse é um exemplo de consumo consciente. De acordo com essa mentalidade, é ilógico adquirir recursos além do que você precisa.

Esse comportamento está ligado a todas as facetas da existência, seja o consumo de recursos naturais, a aquisição de alimentos ou qualquer outra coisa. A rotina de um consumidor responsável deve sempre incluir a eliminação de desperdícios e excessos.

Mas não se engane: o consumo consciente não é simplesmente comprar as necessidades básicas, ao contrário, trata-se de buscar alternativas mais amigáveis ao meio ambiente e que melhorem tanto a sua própria vida quanto a sociedade como um todo.

Por que é importante o consumo consciente?

Quando você adquire recursos, o consumo consciente ocorre quando você os utiliza para atender às suas necessidades. Obter recursos acima de suas necessidades faz pouco sentido nesta filosofia.

Essa conduta se aplica a todos os aspectos da vida, seja o uso de recursos naturais, a compra de alimentos ou qualquer outra coisa. A remoção de excessos é uma parte importante do hábito de um consumidor inteligente.

No entanto, tenha atenção, o consumismo responsável envolve não apenas comprar as necessidades, mas também buscar opções ecologicamente corretas que ajudem tanto a sua própria vida quanto a sociedade como um todo.

Como fazer o consumo consciente?

Existem várias atividades extremamente cruciais para quem quer melhorar seus hábitos de consumo se quiser se tornar um consumidor consciente.

Comprar na medida certa

Não haverá enchimento de carrinho de compras.

O objetivo para os indivíduos que entendem o que o consumismo consciente implica não é estocar alimentos e produtos de limpeza. Por isso, saber o quanto você e sua família precisam é ótimo.

Dessa forma, se a comida e os itens que você comprou estão apodrecendo, isso sugere que você comprou mais do que precisa e não está consumindo deliberadamente.

Reutilizar itens e mobílias

Quando um de seus itens começa a mostrar sinais de desgaste, você não precisa comprar um novo.

Aqueles que entendem o conceito de consumo consciente buscam formas criativas de reaproveitar itens.

Consumo Consciente

Usar baterias recarregáveis em vez de descartáveis, pintar um móvel antigo e modificar roupas velhas são bons exemplos de reutilização.

Vale até assistir tutoriais no YouTube para aprender a consertar alguns itens e dar uma nova vida àquele objeto antigo da sua casa.

Procurar bens duráveis e reparáveis

O objetivo por trás do consumo consciente é comprar itens de alta qualidade e fáceis de consertar.

Mas como saber se um produto é simples de reparar?

Um ponto de partida inteligente é a rede de assistência técnica aprovada pelo fabricante do produto.

Também vale a pena procurar outros pontos de assistência técnica para ver quais fabricantes oferecem peças de baixo custo e fáceis de substituir.

Como resultado, o custo do reparo é menor e você não precisará comprar um novo item se o seu quebrar.

Preferir eletrodomésticos com baixo consumo de energia

Muito mais do que a facilidade de reparo e manutenção, também é uma boa ideia analisar o uso de energia dos aparelhos que você está considerando.

Afinal, não é realmente prudente adquirir um aparelho, mesmo que seja barato, o que aumentaria significativamente o seu custo de energia.

Outras práticas que um consumidor consciente se envolve diariamente incluem:

  • O uso de embalagens reutilizáveis em substituição às sacolas plástica que são prejudiciais ao meio ambiente,
  • A compra de itens locais e orgânicos,
  • O planejamento de compras para minimizar gastos excessivos,
  • Uma bicicleta, por exemplo, é um produto que pode ser compartilhado por várias pessoas.
Descartando seu lixo corretamente

Produzir desperdício zero é bastante desafiador. Então, para ajudar o meio ambiente, saiba mais sobre a triagem e destinação correta do lixo. Veja nossas recomendações:

  • Recomendamos o descarte de eletrônicos ou baterias em locais apropriados e especializados, pois contêm substâncias nocivas ao meio ambiente,
  • Seus resíduos orgânicos podem ser compostados para produzir fertilizantes e minimizar a poluição em aterros sanitários.
  • Para não danificar a água, descarte o óleo de cozinha em locais apropriados, basta procurar um que esteja mais próximo de sua casa.
Fortalecendo empresas locais

A compra de empresas locais tem um impacto socioeconômico e ambiental significativo.

Por isso, impulsione a economia da sua região e, segundo, facilita o transporte de produtos, o que é bom para o meio ambiente.

Confira abaixo exemplos de itens que você pode comprar nas empresas locais:

  • Vegetais, verduras e frutas cultivados localmente,
  • Carne de um açougueiro local,
  • Feiras de artesanato
Dispense os sacos plásticos

Você tem ideai que leva entre 100 e 400 anos para as sacolas plásticas se decomporem?

Como resultado, seus resíduos têm consequências significativas para o meio ambiente e até para o bem-estar social, entupindo bueiros a ponto de inundar em épocas de chuva, por exemplo.

Por fim, escolha sacolas de papel, que podem levar até três meses para se degradar, ou ecobags, que são sacolas de tecido reutilizáveis.

Decore a casa com sustentabilidade

Mais uma recomendação maneira de se tornar um comprador mais consciente é decorar sua casa usando materiais sustentáveis.

Dê asas à sua imaginação ao criar itens ornamentais do zero, reciclar latas, caixas, vidros e outras embalagens que de outra forma acabariam no lixo e reformar móveis antigos, entre outras coisas.

O melhor de tudo é que o design sustentável oferece um toque pessoal à casa, mantendo a relação custo-benefício e a preservação do meio ambiente.

Alimente-se com consciência

O que você coloca no seu prato e sua relação com a comida que você come são os dois aspectos mais importantes do consumo consciente.

É fundamental planejar com antecedência as idas às compras e as refeições para praticar o consumo consciente no dia a dia.

Escolha ingredientes frescos e orgânicos sempre que puder, cultive uma horta em casa para usar como fonte de aromatizante para suas refeições, evite alimentos congelados, verifique a autenticidade dos selos dos produtos, investigue a origem dos itens que você coloca em seu corpo e certifique-se de armazenar adequadamente seus mantimentos para evitar que os alimentos sejam desperdiçados.

Para terminar, você deve se esforçar para cozinhar não mais do que a quantidade mínima necessária para o número de pessoas que o consumirão.

Se sobrar alguma comida, coloque sua criatividade culinária para trabalhar criando novas receitas com as sobras!

O frango que sobrou do domingo pode virar uma saborosa torta, o feijão pode virar um tutu, e o arroz cozido pode ganhar um sabor diferente para virar um bolinho. Todos esses pratos podem ser feitos com os ingredientes que já estão na sua despensa.

Invista em marcas sustentáveis

Escolha marcas que possam ser comprovadamente produzidas de forma sustentável e ativamente engajadas em questões de responsabilidade social e ambiental ao fazer compras.

O que exatamente isso implica?

Que você deve selecionar empresas que não apenas protejam o meio ambiente, mas também a saúde de animais e humanos, pratiquem a justiça em suas relações com os colegas de trabalho e apresentem preços razoáveis ao mercado consumidor.

Ao decidir o que levar para casa, tenha em mente esses critérios, eles se aplicam a tudo, desde produtos de limpeza até etiquetas de vestuário.

Repassando esses valores adiante

O consumo consciente do meio ambiente é ensinado por meio de modelagem.

Implemente essas sugestões em sua vida e depois discuta os ajustes que você fez com seus entes queridos e amigos íntimos para que eles possam se inspirar em você e adotar seus ideais.

Quanto maior o número de pessoas, mais significativos são os impactos favoráveis.

Agora que você entendeu o que é o consumo consciente, entre em contato com a Solled Energia e adquira o melhor serviço de energia solar para o seu negócio!

Compartilhar:

Faça uma simulação