fbpx

Por que falamos que a energia solar reduz CO2?

As emissões brasileiras de gases de efeito estufa estão entre as mais altas do mundo. As empresas e a população devem estar totalmente comprometidas com uma economia de baixo carbono para mudar essa situação. A energia solar reduz CO2, o que traz vantagens para quem deseja usar esse sistema no negócio.

Isso se explica devido ao aumento na preocupação dos consumidores com questões ambientais e altos custos de energia. Dessa forma, é possível estabelecer uma vantagem competitiva usando energia solar para mostrar o quanto seu negócio está alinhado.

A seguir, saiba por que falamos que a energia solar reduz CO2 e outras questões relacionadas.

Como as emissões de CO2 prejudicam o meio ambiento?

Os níveis de CO2 na atmosfera contribuem para a poluição do ar, a chuva ácida e o efeito estufa. Tudo isso faz com que a Terra aqueça, o que, por sua vez, causa uma série de danos ambientais.

Uma das principais causas do aquecimento global é o aumento do efeito estufa que ocorre quando combustíveis fósseis como carvão e petróleo são queimados. Como resultado, uma opção para reduzir as emissões de CO2 na atmosfera é substituir as fontes convencionais de energia por matrizes limpas.

O Brasil emite cerca de 2,2 bilhões de toneladas métricas de dióxido de carbono (CO2) a cada ano, e a produção e o consumo de eletricidade respondem por cerca de 19% disso. Os Estados Unidos são um dos principais emissores de gases de efeito estufa do mundo, pois parte da sua eletricidade vem de combustíveis fósseis.

Portanto, para reduzir as emissões de CO2, devemos mudar para matrizes energéticas mais limpas, como a eólica e a solar.

Como funciona a energia solar?

A energia fotovoltaica gerada a partir dos raios solares tem sido proposta como meio de reduzir as emissões de carbono.

Tanto as empresas quanto as residências podem se beneficiar da instalação de painéis solares que geram energia.

Existem muitos tipos diferentes de projetos de energia solar fotovoltaica disponíveis no mercado hoje, atendendo as mais diversas necessidades

Fotovoltaica, térmica e heliotérmica são todas formas de energia solar. Dependendo do tipo de sistema solar que você possui, cada um se comportará de maneira diferente.

É o inversor solar que converte a energia solar gerada pelos painéis em corrente alternada.

Esse dispositivo modifica a corrente em energia elétrica e a transfere para o quadro de luz, com isso essa energia elétrica pode ser usada para os mais variados fins.

Como o proprietário do sistema fotovoltaico gera a eletricidade, não há despesas diretas.

Você pode economizar muito dinheiro em sua conta de serviços públicos usando esse método.

A conexão de sistemas de energia solar à rede elétrica é regida pelas leis e especificações dos fornecedores individuais.

Uma ampla gama de equipamentos elétricos, incluindo televisores, computadores, iluminação e motores, podem ser alimentados pela energia solar gerada.

Depois da instalação de um sistema de energia solar, um dispositivo que calcula a transferência de energia será instalado no lugar do tradicional relógio que mede energia de um imóvel.

Como a energia solar reduz a emissão de CO2?

A descarbonização ou diminuição de emissão de CO2 é facilitada pela energia solar porque a energia solar é a matriz energética que menos emite esse gás em seu processo.

Como resultado, a energia fotovoltaica é vista como um valioso aliado na luta contra a poluição do aquecimento global.

A descarbonização, por outro lado, ainda exige mais outras ações, por exemplo, é importante gerenciar melhor os recursos hídricos e limitar o uso de combustíveis fósseis, além de usar fontes de energia alternativas e sustentáveis.

Para lidar com as atuais preocupações climáticas e ambientais, a redução de CO2 está surgindo como uma opção viável.

Para você ter uma ideia, um relatório apresentado pela Agência Internacional de Energias Renováveis mostra que cada vez mais sistemas de energia solar estão sendo instalados no país, o que reduz as emissões de CO2 na atmosfera.

Por que essa redução é importante?

A chuva ácida e o efeito estufa são causados ​​pela alta concentração de CO2 na atmosfera.

Como resultado de tudo isso, o globo aquece, o que traz consequências negativas tanto para as pessoas quanto para os ecossistemas. O aquecimento global está intimamente ligado ao uso de combustíveis fósseis como petróleo e carvão.

É viável, no entanto, reduzir drasticamente a quantidade de dióxido de carbono lançado no meio ambiente usando um sistema de energia solar. A maior parte do que fazemos diariamente hoje emite gases de efeito estufa. Não importa que tipo de gás é emitido, tudo é transformado em carbono.

Vários países já implementaram um método de flexibilização em resposta à questão ambiental, que auxilia na manutenção das metas de redução de gases poluentes.

Assim, nasceram os “créditos de carbono”, uma espécie de “compensação de carbono” que ajuda a reduzir as emissões de gases de efeito estufa e auxilia no desenvolvimento sustentável.

Os consumidores de energia solar podem economizar dinheiro e reduzir sua pegada de carbono usando sistemas fotovoltaicos. Estima-se que o uso de energia limpa reduza significativamente as emissões de CO2.

Dessa forma, os consumidores estão cada vez mais interessados ​​na tecnologia, tanto em termos de economia de custos quanto de preocupações ambientais.

Mais vantagens do sistema de energia solar?

Os sistemas fotovoltaicos estão se tornando mais populares como resultado de contas de eletricidade mais baixas.

Os consumidores, por outro lado, estão tentando diminuir o impacto da geração de energia no meio ambiente.

Além disso, o sistema fotovoltaico tem uma vida útil média de 25 anos.

Mesmo uma única propriedade pode evitar a liberação de mais de 100 toneladas de dióxido de carbono no meio ambiente usando painéis solares porque eles não produzem poluentes prejudiciais.

Além de exigir pouca manutenção e poder ser instalado mesmo nos locais mais isolados, a energia que produz é limpa e abundante.

Devido ao ambiente favorável de hoje, os fornecedores de energia solar podem aproveitar o crescente número de consumidores interessados ​​na tecnologia.

Um modelo de energia limpa e sustentável para o mundo está ao alcance do Brasil. O país já é líder na produção e investimento de energia solar devido à sua invejável localização geográfica.

Tanto para o consumidor como para o ambiente envolvente, a energia solar reduz as emissões de CO2, o que apresenta várias vantagens.

Em todo o mundo, a mudança de combustíveis fósseis para formas renováveis ​​de energia já está ocorrendo, e o Brasil não é exceção.

A educação ambiental e o aumento do debate público sobre o tema podem ajudar os fornecedores a impulsionarem esse mercado lucrativo.

Continue nos acompanhando no blog, pois sempre trazemos um conteúdo novo relacionado ao universo da energia solar.  Já pensou em instalar um sistema fotovoltaico? Tem mais dúvidas sobre o funcionamento, benefícios e payback? Fale com um dos nossos especialistas em energia solar e solicite seu orçamento sem compromisso.

Compartilhar:

Faça uma simulação