RS reassume 2º colocação do ranking estadual de GD fotovoltaica

By Mateus Badra Janeiro 19, 2021

A corrida em busca da primeira colocação do ranking estadual de GD (geração distribuída) solar fotovoltaica continua a todo vapor.

Segundo dados divulgados pela ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), o Rio Grande do Sul reassumiu a segunda colocação e ultrapassou o estado de São Paulo, que possui 553,1 MW.

Os gaúchos atingiram uma potência de 557,4 MW – o que representa 12,7% da capacidade total instalada no Brasil -, uma alta de cerca de 5% frente aos 531,9 MW registrados em dezembro de 2020.

“A questão cultural no RS é muito interessante. As pessoas buscam essa liberdade, este beneficio. A energia solar está muito difundida no estado, e o consumidor conhece e entende as vantagens”, disse Mara Andréa Schwengber, coordenadora da ABSOLAR no Rio Grande do Sul.

“Além disso, temos muita disponibilidade e fácil acesso a linhas de financiamento, onde é possível trocar a conta por parcela, sem nenhum desembolso. Com a pandemia da Covid-19, o aumento do consumo residencial fez com que mais pessoas procurassem esta tecnologia”, acrescentou.

Dessa mesma forma, de acordo com Mara, as empresas preocupadas em reduzir custos também têm buscado a fonte fotovoltaica, tornando as empresas mais competitivas no cenário atual.

MG lidera ranking de GD
O estado que lidera no início de 2021 o ranking de GD é Minas Gerais, com 826,4 MW – o que representa 18,9% da potência instalada em todo o país.

A última vez que o RS estava em segundo lugar foi em outubro do ano passado, quando alcançou 463,9 MW.

Fonte: https://canalsolar.com.br/noticias/item/1464-rs-assume-2-colocacao-do-ranking-estadual-de-gd-fotovoltaica

Compartilhar:

Faça uma simulação